Amigo

A cada momento de dificuldade, lá estava tu a me amparar.

A cada momento de alegria,  eu corria para dividir contigo.

Muitas noites passamos conversando e tomando vinho.

Me desse colo quando desesperadamente eu tentava sobreviver o fim de um amor.

Éramos cúmplices de nossas aventuras e desventuras.

Um dia meu telefone toca.Atendo. Era teu filho me avisando que seguiste para um plano superior.

Senti-me perdida. Chorei muito.

Depois lembrei de n0ssas conversas quando combinamos que mesmo quando um partisse, o outro deveria seguir em frente, porque sabiamos que apenas o físico acabaria.

Não poderíamos mais ouvir o som de nossas vozes, mas os espíritos continuariam a se encontrar.

E isso é o que me faz acreditar que amigos verdadeiros nunca se separam.

Eu confirmo isso cada vez que preciso de ti.

Sempre recebo uma resposta tua, quer em sonho ou pequenos sinais teus que identifico por nos conehcermos muito.

Obrigada meu querido amigo Vurta por continuar meu amigo.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

One Response to “Amigo”

  1. Clecir disse:

    Bom dia Norma, :)

    Gostaria de falar da grande emoção que senti ao ler esse texto. Em tudo que lemos
    sempre existe uma palavra ou uma frase em comum em algum aspecto de nossas vidas, algo que nos toca profundamente por razões muitas vezes até desconhecidas.
    Senti emoção nesta sua história, aliais todas que li em seu blog são doces e lindas.
    Parabéns querida por expressar seu ser do que jeito que és.
    A saudade de alguém que nos é caro é também a certeza que em algum lugar e espaço do tempo iremos nos reencontrar novamente, de um jeito ou de outro….

    Um grande beijo em seu coração.
    Um bom ano para voce e os seus.

    Com amor,
    Clecir.
    Cascavel-Pr.

Deixe um comentário