Na imprensa

Homenageada no acendimento do Fogo Simbólico dia 25/agosto/2012

75ª CORRIDA DO FOGO SIMBÓLICO DA PÁTRIA CENTELHA DO LITORAL  HOMENAGEM ESCRITORA NORMA TRESPACH

Nascida em 31 de julho de 1949 em Maquiné, quando ainda era distrito de Osório. Filha de Sidônia Trespacha e José Antônio Trespach. Ainda jovem, deixou a casa paterna em busca de maiores conhecimentos em Porto Alegre. Trabalhou em diversos segmentos. Foi comerciária, bancária, funcionária pública municipal e federal.

Formou-se em Estudos Sociais pela Faculade Cenecista de Osório. Aposentada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região no ano de 2000, quando exercia suas funções na Vara do Trabalho em Osório. Tornou-se escritora, sonho que acalentava desde muito tempo.

Como sobrevivente de câncer, quis compartilhar com outras mulheres no livro “ Uma Norma de Vida” publicado em 2001 já na 3ª edição), no qual diz que tudo é possível vencer quando acreditamos.

Após vieram: “Universo em Harmonia”, Bimbo – Amor e cumplicidade” e o mais recente “Florência – Drama e Conquista”. Participou de três antologias: “Poetas pela Paz e Justiça Social”, “Congresso Brasileiro de Poesias” e “Casa do Poeta Rio-Grandense”. Pelas suas atividades profissionais e como escritora, sempre buscando dar sua contribuição cívico-cultural no Litoral do Rio Grande do Sul, o Núcleo Municipal da Liga da Defesa Nacional de Osório, em consonância com no contido no Artigo 66 do Estatuto da Liga da Defesa do Estado do Rio Grande do Sul e por delegação de competência dessa instituição, para assumir o Comando do Fogo Simbólico da Pátria, Centelha do Litoral, este Núcleo outorga a homenagem à  Ilustrissima Senhora NORMA TRESPACH de acendera Centelha do Litoral Norte na 75ª Corrida do Fogo Simbólico da Pátria.

Parque Histórico Marechal Manuel Luiz Osório

Tramandai, RS, em 25 de agosto de 2012

Sendo entrevistada pela Marley Soares, – Palavra de Mulher -TV Urbana, dia 21/10/11

Norma sendo entrevistada pela Marley Soares

Norma sendo entrevistada pela Marley Soares

 


No dia 21  de outubro de 2011 concedeu entrevista a Marley Soares, apresentadora do programa Palavra de Mulher, da TV Urbana aonde falou sobre o livro Florência – Drama e conquista.

 

Florência – Drama e conquista, o novo livro de Norma Trespach

Por Eliana Ramos

A escritora mergulha numa história fascinante que reverencia a vivência e encantará os apaixonados por bons romances

Mantendo sua real essência, a escritora osoriense apresenta mais uma de suas obras aos leitores. O romance Florência – Drama e Conquista, poderá ser encontrado em livrarias de Porto Alegre e Osório a partir do mês de outubro. Os interessados terão a obra disponível em e-book.

Editado pela Editora Alcance de Porto Alegre, o livro que já esteve na Xv Bienal do Livro do Rio de Janeiro (entre 1/09 e 11/09) e estará nas feiras de livro de Porto Alegre e Osório. Neste novo livro é possível analisar o crescimento da escritora que já publicou Uma Norma de Vida, Universo em Harmonia e Bimbo, amor e cumplicidade, além de antologias e outras publicações. Florência é rico em detalhes e aborda três assuntos que envolvem o leitor apaixonado por boas histórias.

Norma que vive um momento muito feliz da sua vida, após escrever seis livros explica que busca cada vez mais entender com base na história de seus antepassados a sua essência. Por acreditar que todos os que fazem parte deste mundo estão interligados, seu novo livro não terá lançamento, tudo está sob responsabilidade do próprio Universo. “Acredito que meu livro vai chegar no lugar que deve chegar. A partir do que escrevi fechei uma página e o restante transcorrerá naturalmente. Os que comprarem o livro é porque gostam do que escrevo e eles irão ler.”, explica a escritora cheia de energia.

Segundo Norma, as pessoas passam construindo como se tudo fosse definitivo. Na sua visão se as pessoas fossem mais livres, menos críticas e respeitassem mais o outro, seriam melhores em todos os aspectos e mais felizes. Ninguém está no sentimento do outro e por isso não tem o direito de ficar criticando. “Não posso mudar o mundo, tenho que mudar o meu eu para melhor. Tenho que fazer a minha parte. Vou trabalhar o mundo de tal maneira que eu tenha tranquilidade. O que buscamos longe está em nós mesmos. Não adianta viver no mundo, sem ver mundo algum. É preciso ter um mundo com os pés no chão, sempre mantendo a real essência”, destaca a escritora.

Em Florência, Norma fez uma compilação com base em sua eficácia e em experiências vividas. A busca pela felicidade é uma das dádivas da escritora que se recicla e sempre está crescendo no aspecto emocional e espiritual.

Um pouco sobre o novo livro

A dor é um sinal de que algo perturbador está acontecendo no caminho de nossa saúde. Pode expressar fissura na matéria ou no espírito. Entretanto essa sinalização nem sempre significa perigo, muitas vezes é apenas um aviso. A vitória vem sempre após a luta! Com pequenos passos, poderemos vencer longas distâncias e chegar ao ninho da felicidade, contornando os obstáculos do caminho. Mas para se atingir esse objetivo é preciso força e fé.

Acreditar na nossa mente significa querer chegar ao destino. Contudo não se pode esquecer de que nosso corpo é uma máquina feita de matéria viva. Como a máquina precisa de combustível, cuidados e, eventuais consertos ao longo da viagem. O profissional para esses cuidados é o médico, que deve estar atualizado, ser dedicado, atencioso e ter ouvidos atentos para os ruídos dessa máquina…

Fonte: Jornal Revisão, publicado no dia 29 de setembro de 2011

 

Abaixo segue cópias de algumas reportagem sobreo lançamento do livro: Bimbo, amor e cumplicidade.

jornal_momento

Jornal Momento

jornal_revisao

Jornal Revisão

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS